Aves do Rio Grande do Sul: Novas Espécies Encontradas

 

No final do ano de 2020, quando o Guia de Identificação Aves do Rio Grande do Sul já estava praticamente finalizado, foram descobertas 2 novas espécies de aves para o estado, o anambé-branco-de-máscara-negra e o suiriri-de-garganta-branca, aumentando de 711 para 713 o número de espécies registradas em território gaúcho. Estas duas últimas espécies foram anexadas no final do livro, precedendo a lista das "Espécies Procuradas", na página 431 (ver Figura 1 abaixo).

O suiriri-de-garganta-branca (Tyrannus albogularis), foi fotografado pelo ornitólogo Dante Meller, em 09 de novembro de 2020, nas margens do Rio Uruguai, no Parque Estadual do Turvo, no município de Derrubadas, extremo noroeste do estado. 

O anambé-branco-de-máscara-negra (Tityra semifasciata), foi descoberto pelo fotógrafo Carlos Neimar Kuhn, também no PE do Turvo, em 22 de setembro de 2020. O indivíduo era uma fêmea, relativamente fácil de ser confundida com a fêmea do anambé-branco-de-rabo-preto (Tityra cayana), comum na região. A principal diferença entre as fêmeas das duas espécies é a ausência de estriado na fêmea de T. semifasciata. A diferença entre os machos, é principalmente em relação à extensão da área preta na cabeça, sendo o preto bastante reduzido no macho de T. semifasciata em relação ao macho de T. cayana. No PE do Turvo, a espécie voltou a ser observada em novas ocasiões (possivelmente a mesma fêmea). A partir do primeiro registro, foram feitas revisões de fotos e apareceram 2 outros registros: um em Nova Prata, pelo observador João Batista Corso, em 20 de junho de 2020, e outro em Sapiranga, pelo observador Arthur Alves, em 28 de março de 2020 (assumindo este, o título genuíno de primeiro registro da espécie no RS). Fato curioso é que todos os registros até o momento foram de indivíduos fêmeas. Levando em consideração a ampla distância entre os registros, suspeita-se que a espécie já possa estar dispersa em ampla área do Rio Grande do Sul, presumivelmente estando em plena expansão de distribuição geográfica. 

A documentação fotográfica dos registros mencionados estão disponíveis no site www.wikiaves.com.br.

 

Figura 1. Página 431 do Guia de Identificação: Aves do Rio Grande do Sul.

 

Após a publicação do livro, foi encontrado também no Parque Estadual do Turvo, em 18 de dezembro de 2020, o chorozinho-de-asa-vermelha (Herpsilochmus rufimarginatus), pelos observadores Caio Belleza, Carlos Neimar Kuhn, Dante Meller e Raphael Kurz, aumentando a lista para 714 espécies (número mantido até o dia 03 de março de 2021, data da última atualização aqui no site).

 

Afim de manter a lista das aves do RS atualizada, na página 439 do guia está presente a seção das "Novas Espécies Encontradas" no RS (ver Figura 2 abaixo), que tem a funcionalidade de ser preenchida manualmente pelo leitor, conforme novidades sejam registradas.

 

Figura 2. Página 439 do "Guia de Identificação: Aves do Rio Grande do Sul", com os devidos preenchimentos atualizados, em vermelho.

 

Acompanhe esta página para ficar por dentro das novas espécies encontradas no RS e mantenha seu guia atualizado!!

Sobre a loja

A editora Aratinga foi fundada em meados de 2020, com o objetivo inicial de promover publicações sobre aves sul-americanas. Nossa missão é difundir a cultura ornitológica através de editoriais fascinantes e ricos em informações, satisfazendo a sede de conhecimento dos entusiastas interessados no assunto e conquistando novos apaixonados por nossas aves.

Pague com
  • Wirecard
Selos

Editora Aratinga - CNPJ: 27.523.970/0001-28 © Todos os direitos reservados. 2022